Enviar solicitação

Como funcionará o novo faturamento da Loggi?

Estamos de mudança de Barueri para São Paulo e precisamos nos adequar ao formato de faturamento da nossa nova casa.

O modelo de precificação da Loggi funciona assim: na fatura que você recebe, parte do valor cobrado é o pagamento do agenciamento de frete exercido pela Loggi, e o restante é repassado para o motofretista cadastrado na plataforma pelo frete realizado.

Até o mês de março, você recebia apenas a Nota Fiscal - emitida de Barueri - com todos os valores discriminados no mesmo documento.

Em breve, para continuarmos com a mesma transparência com relação aos valores pagos por você, vamos enviar 3 documentos por e-mail:

 

1) Documento com resumo dos valores cobrados:

O objetivo deste documento é disponibilizar ao cliente a consolidação das informações referentes aos valores devidos pelos serviços tomados, indicando os totais relativos ao serviços de agenciamento de frete, de créditos (bônus e vouchers) e taxas adicionais.

No documento enviado consta:

     •  O valor total consumido com os serviços de entrega expressa;

     • O valor da taxa de concessão de prazo mensal, quando aplicável;

     • O valor total a pagar;

     • A Composição da documentação financeira, qual seja:

               - Nota Fiscal de Agenciamento de Frete;

              - Nota de Débito relativa ao valor dos fretes;

Caso queira ver as entregas realizadas no mês, acesse a sessão "Histórico" da plataforma.

 

 

2) Nota Fiscal referente ao agenciamento de frete da Loggi:

Atendendo à regulamentação paulistana, a Nota Fiscal emitida contemplará no campo "Valor da Nota" unicamente o valor referente ao serviço de intermediação/agenciamento de frete prestado pela Loggi, valor este devidamente tributado pelo ISS.

As informações referentes ao frete realizado pelo motofretista estarão disponíveis no campo “Informações Complementares da Nota Fiscal”.

 

3) Nota de Débito referente ao valor repassado ao motofretista

Visando proporcionar uma maior transparência às operações e, facilitando inclusive as conciliações financeiras do usuários da Plataforma Loggi, enviaremos também uma Nota de Débito referente aos serviços de frete tomados/prestados ao longo do período faturado.

A Nota de Débito refletirá exatamente o valor dos serviços de frete prestados ao usuário e que, embora seja cobrado e recebido pela Loggi, é integralmente repassado aos motofretistas.

A soma da Nota Fiscal de Serviços e da Nota de Débito deverá ser, obrigatoriamente, igual ao valor total pago (cartão) ou a pagar (boleto) pelos usuários da Plataforma Loggi.

 

4) Precisa cadastrar a Loggi como fornecedor?

Segue os nossos dados:

Alameda Santos, 2 400

CEP: 01418-200 - Jardim Paulista, São Paulo

CNPJ: 18.277.493/0001-77